Carrinho de compras

Nenhum produto no carrinho.

As 9 principais dúvidas sobre adaptação veicular para deficientes físicos

As 9 principais dúvidas sobre adaptação veicular para deficientes físicos Você sabe como funciona a adaptação veicular PCD? Como é feita? Para quem é indicada? Reunimos as principais dúvidas sobre adaptação veicular PCD e quais são os procedimentos necessários para conseguir realizar o serviço. Conheça um pouco mais sobre o tema neste post!

1) Afinal, o que é uma adaptação de veículo para deficientes físicos?

A adaptação veicular nada mais é do que um equipamento de segurança, projetado e desenvolvido para auxiliar na condução e transporte de pessoas com deficiências físicas. Ela supre eventuais limitações físicas e motoras do condutor ou conduzido, proporcionando segurança, qualidade e conforto.

O equipamento de adaptação deve ser produzido e adquirido por empresas confiáveis, com histórico e procedência.

São fontes duvidosas:

  • Equipamentos produzidos de maneira artesanal;
  • Sem um projeto mecânico adequado;
  • Sem garantias de funcionalidade;
  • Equipamentos sem resistência mecânica contra quebras e deformações;
  • Desconforto ao condutor ou conduzido;
  • Produtos que comprometam a segurança e que possam ocasionar acidentes.

Uma adaptação veicular confiável deve ter:

• Um processo de estudo de design de produto, que garanta funcionalidade e uma boa estética;

• Ser um equipamento ergonômico e que facilite a dirigibilidade do veículo por parte do usuário e de outras pessoas que não necessitem da adaptação;

• Que não cause inteferências na originalidade do veículo e que permita o uso universal do veículo.

As adaptações veiculares para deficientes físicos podem ser divididas em 2 categorias: linha direção linha transporte.

A linha direção é focada em equipamentos que auxiliam no manuseio e nos comandos de condução do veículo.

Conheça alguns de nossos equipamentos:

• Central de comandos elétricos;

• Pomo giratório removível;

• Acelerador e freio manual;

• Acelerador a esquerda;

• Aro de aceleração.

Já a linha transporte, trata-se de equipamentos direcionados para facilitar a acessibilidade e transferência de passageiros com limitações de movimento, proporcionando mais conforto e segurança.

Alguns exemplos:

• Placa de transferência;

• Rampas e Multirampas;

• Plataformas elevatórias;

• Teto alto;

• G-Tran (Cadeira Giratória).

Não são consideradas adaptações veiculares: Transformações do tipo estética (mudanças de rodas e pneus, estilização do veículo, faróis e “rebaixamento”), customizações no interior do veículo (troca de volante, sistema de som, bancos e motores) e modificações para food trucks.

2) A adaptação veicular danifica o carro ou altera sua originalidade?

Não, as adaptações veiculares não alteram ou danificam o veículo. Com exceção das adaptações da linha transporte, que incluem elevação de teto e rebaixamento de piso. Nesses casos são inclusas informações no documento, referentes as modificações realizadas no veículo.

SAIBA O QUE SIGNIFICA CADA LETRA NAS OBSERVAÇÕES DA SUA CARTEIRA DE MOTORISTA

3) Outra pessoa pode dirigir o carro?

Sim, todos os equipamentos são projetados de forma que qualquer pessoa possa dirigir o veículo, com ou sem a adaptação. Para isso, não se faz necessária a montagem e desmontagem dos equipamentos adaptados.

A adaptação veicular possibilita que o veículo seja utilizado com ou sem o equipamento.

4) Como são produzidos os equipamentos da Mecânica Beto?

Os equipamentos da Mecânica Beto, são desenvolvidos a partir de softwares de projeto pela nossa equipe de engenharia. Através dos processos computadorizados e corte a laser, os equipamentos desenvolvidos possuem maior precisão, resistência e fidelidade.

Ao final do desenvolvimento, seguem para o processo de design e posteriormente são testados, garantindo o padrão estético e funcional do projeto.

O mercado de adaptação veicular está em constante crescimento, não só para o público PCD mas também para auxiliar na acessibilidade de idosos.

5) Quanto tempo demora para adaptar o veículo?

Possuímos uma grande variedade de equipamentos, então os prazos são distintos:

• Acelerador e freio manual ou acelerador esquerdo: instalação no mesmo dia;

• Central de comandos elétricos: em até 3 dias úteis;

• Demais equipamentos: sob consulta.

6) Como é a revisão e a garantia do equipamento?

A revisão dos equipamentos deve ocorrer a cada 6 meses, conforme definido no plano de manutenção dos equipamentos.

Desde a que cumprido o plano de manutenção dos equipamentos, a garantia é de 1 ano, a aprtir da data de aquisição do equipamento, que consta na nota fiscal.

Para compradores fora de Curitiba/PR, possuímos uma relação de oficinas autorizadas para revisão do equipamento.

7) É fornecido nota fiscal?

Sim, fornecemos a nota fiscal do equipamento a ser instalado, tanto para instalação em nossa oficina, quanto para envio para outros localidades.

Fornecemos a nota fiscal de mão de obra de instalação, somente para equipamentos instalados em nossa oficina.

8) Qual a documentação necessária para adaptar um veículo?

Leve seu carro até uma oficina de adaptação de veículos para deficientes físicos de confiança, peça para conhecer os produtos que serão instalados em seu carro e referências de seu trabalho (se são indicados por alguma concessionária ou montadora) e realize a adaptação.

Depois disso, solicite junto ao Detran ou através de um despachante a AUTORIZAÇÃO PRÉVIA PARA EMISSÃO DE CSV.

Com este documento em mãos, dirija-se a um dos Organismos de Inspeção Acreditados do INMETRO mais próximo, levando junto, documentos pessoais, notas fiscais do equipamento e de instalação, documento ou nota fiscal do veículo. É só proceder com a inspeção.

COMPREI MEU CARRO NOVO COM ISENÇÃO PARA PCD. E AGORA COMO FAZER PARA ADAPTÁ-LO?

9) O veículo já foi inspecionado junto ao Organismo de Inspeção Acreditado do INMETRO, e agora?

Com o laudo da inspeção (CSV) e as notas fiscais dos equipamentos, dirija-se até o Detran para proceder com o registro do veículo, onde constará que o veículo é adaptado para Pessoa com Deficiência Física (PCD).

Agora, está tudo certo! Pode começar a dirigir e usufruir do seu novo equipamento com a máxima segurança e conforto.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Iniciar chat
Fale com um atendente!
Que bom que está aqui!
Me conte como posso te ajudar.